RIO DE JANEIRO É O CENÁRIO DE “TRASH”, PRODUÇÃO BRITÂNICA COM OS BRASILEIROS WAGNER MOURA E SELTON MELLO EM SEU PRIMEIRO ENCONTRO NAS TELAS

O filme “Trash – A esperança vem do lixo”, grande vencedor do Festival de Cinema de Roma de 2014 e dirigido pelo cineasta inglês Stephen Daldry, mesmo diretor de “As Horas” e “Billy Elliot”, teve todas as suas cenas gravadas no Rio de Janeiro e tem Wagner Moura e Selton Mello no experiente elenco principal, além de atores estrangeiros como Martin Sheen e Rooney Mara. Neste ano, as principais categorias do festival de Roma foram escolhidas por votação do público e a coprodução entre Brasil e Inglaterra,”Trash” ganhou também o prêmio BNL People’s Choice, concorrendo com obras como “Garota exemplar”, de David Fincher, “Black and white”, de Mike Binder, e “Escobar: Paradise lost”, de Andrea Di Stefano.

O diretor Stephen Daldry, Selton Mello e Wagner Moura estiveram recentemente no Brasil para apresentar a produção no Festival de Cinema do Rio. Selton Mello disse que o longa traz um olhar estrangeiro sobre a realidade brasileira, mas com sensibilidade. “Acho que é um olhar estrangeiro de um artista sensível, alto nível, dos melhores diretores que existem. Você pega o roteiro, dá na mão de um camarada que dirige filme só de ação, superficial, aí seria um filme banal”. Wagner Moura, que interpreta um papel pequeno mas crucial no filme, concorda. “Nós temos essa tradição de fazer filmes sobre a situação social brasileira. Desde o cinema novo a gente faz isso. Então, às vezes somos um pouco refratários a que uma visão de fora olhe para essas mazelas”, diz. “E eu acho isso uma bobagem. Claro, ele é inglês, mas que bom que a gente tem um olhar profundo sobre o que acontece no Brasil. Eu não acho que seja um olhar que tangencie a superficialidade em nenhum momento. É diferente do nosso estilo de filmar, daquele hiper-realismo brasileiro”. Os dois atores contracenam rapidamente em um par de sequências – mas seus personagens imprimem o tom da trama.

Selton Mello, Luis Eduardo e Gabriel Weinstein nos bastidores de Trash (Foto: Divulgação / Daniel Behr)

Selton Mello, Luis Eduardo e Gabriel Weinstein nos bastidores de Trash (Foto: Divulgação / Daniel Behr)

Os protagonistas da megaprodução internacional “Trash” são três adolescentes estreantes, encontrados após seis meses de testes em comunidades do Rio: Rickson Tevez, da Rocinha, Gabriel Weinstein, da Cidade de Deus, e Eduardo Luis, de Inhaúma; Selton Mello é um policial violento, Wagner Moura, um homem perseguido; Martin Sheen, um padre missionário e Rooney Mara, uma professora de inglês de uma ONG. O filme, baseado no livro homônimo do também inglês Andy Mulligan, trata de uma fábula sobre três garotos que vivem no lixão de um país fictício e encontram uma carteira que os coloca em rota de colisão com a polícia e políticos corruptos. “Trash” mostra a difícil jornada para se fazer o que é certo.

Mariana Cardoso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s